Academia Arapiraquense de Letras e Artes vai lançar três obras na V Bienal Internacional do Livro

A Academia Arapiraquense de Letras e Artes (ACALA) vai lançar três obras na V Bienal Internacional do Livro. A Bienal vai acontecer entre os dias 21 e 30 de outubro, no Centro Cultural e de Exposição Ruth Cardoso (Centro de Convenções), no bairro Jaraguá, em Maceió. Durante o evento, diversos livros de imortais arapiraquenses estarão a disposição dos leitores nos estandes das Academias de Letras de Alagoas e da Prefeitura de Arapiraca.

“É de fundamental importância participar da V Bienal Internacional do Livro. Com o espaço cedido a Academia Arapiraquense de Letras e Artes convido os leitores para visitar os estandes e observar a produção literária de Arapiraca”, disse Cláudio Olímpio, presidente da ACALA.

No dia 28 haverá uma programação especial para os acadêmicos arapiraquenses. As quatro da tarde, na sala Lêdo Ivo, será realizada uma palestra com o acadêmico Carlindo de Lira Pereira com o tema “A importância da leitura para crianças e jovens alagoanos”. Logo em seguida, na mesma sala, haverá a apresentação dos pontos de lazer e difusão da cultura de Arapiraca, que será mostrado pela turismóloga Franciane Santos Azevedo. As sete da noite, no estande das Academias de Letras de Alagoas haverá o lançamento coletivo dos livros “JASMIM”, do acadêmico Cárlisson Galdino, “O CORDEL DO SETENTÃO”, do acadêmico Judá Fernandes, e “CONTÍCULOS” da acadêmica Maria Madalena de Menezes.

“Sócios efetivos, honorários, beneméritos e sócios correspondentes da ACALA estão orgulhosos e felizes com os lançamentos de três obras de acadêmicos arapiraquenses. Vamos continuar o trabalho superando obstáculos e buscando mais apoio para que a produção das letras e artes continue firme em Alagoas”, comentou Cláudio Olímpio.